Pular para o conteúdo
23/06/2010 / Marcio Kohara

Report – MotoGP’10_05 – Grã Bretanha

Em sua 5ª etapa, o Mundial de MotoGP chegou pela primeira vez a Silverstone depois de mais de duas décadas de intervalo correndo em Donington Park. Foi a primeira corrida que Valentino Rossi não participou desde a sua estreia no campeonato -1996, ainda na 125cc-, em decorrência dos ferimentos sofridos no acidente no treino livre da última etapa, em Mugello. Outro que também não largou e ficará de molho por algum tempo é o japonês Hiroshi Aoyama (Interwetten-Honda), acidentado no treino de Warm-Up. Os pilotos reclamaram muito das ondulações na pista. Com os diversos acidentes acontecidos nos treinos de preparação para a corrida, se observa que as reclamações pareciam justas.

Jorge Lorenzo chegou à Inglaterra como o grande favorito. Afinal, sendo o único equipado com a melhor moto, ainda contava com o apoio da equipe oficial. E não decepcionou. Só não fez chover em Silverstone, inclusive completando um “barba cabelo e bigode” -pole-position, vitória e volta mais rápida. Foi um passeio dominical do espanhol na velocíssima pista de Silverstone -que até chegou a ser pressionado por Dani Pedrosa (Honda-HRC) no começo da corrida, mas nada que o colocasse em apuros.

Já a briga pela segunda posição foi empolgante. Se Pedrosa e Casey Stoner (Ducati) não estavam num dia inspirado, Randy de Puniet (LCR-Honda), Andrea Dovizioso (Honda-HRC), Nicky Hayden (Ducati) e Ben Spies (Tech3-Yamaha) iniciaram uma bela batalha, só decidida no final. De Puniet, a grande surpresa da classificação (largou na primeira fila), foi muito bem e se manteve em 3º, na briga, por boa parte da corrida. Porém, foi superado por seus rivais de pelotão no final, fechando a corrida na sexta posição.

Já Dovi, Hayden, Spies e Stoner dividiram as curvas até o final da corrida. O italiano da Honda-HRC se manteve na 2ª posição conquistada no começo da corrida, terminando muito bem mais um GP da Grã Bretanha (ele que foi o último vencedor em Donington Park). Spies, por sua vez, se livrou de Hayden na última curva e terminou subindo ao pódio pela primeira vez em sua carreira na MotoGP. Hayden fechou em 4º, logo a frente de seu companheiro de equipe Stoner. Pedrosa, irreconheível, ficou apenas com a 8ª posição, atrás ainda de Marco Simonccelli (Honda-Gresini).

Lorenzo deixa a Inglaterra com uma liderança confortável no campeonato. Ele tem 115 pontos, contra 78 de Dovizioso e 73 de Pedrosa, ambos da Honda-HRC. A próxima etapa é no tradicional circuito de AssenTT, nos Países Baixos, já no próximo sábado (26).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: