Pular para o conteúdo
13/10/2010 / Marcio Kohara

Williams a beira do precipício?

Eis que aparecem na mídia notas indicando que a Williams pode estar pensando em trocar Nico Hülkenberg por Pastor Maldonado para a próxima temporada. Não, a Williams não está infeliz com seus pilotos. Rubens Barrichello tem feito um ótimo trabalho e Hulk tem mandado bem enquanto iniciante depois de ser campeão da GP2 Series do ano passado. Pastor Maldonado, por sua vez, depois de algumas temporadas na GP2, finalmente conseguiu ser campeão e virou um dos candidatos a ascensão à principal categoria do automobilismo mundial.

O problema todo reside no fato que o alemão é empresariado pelo famigerado empresário alemão Willi Weber -que também empresaria Michael Schumacher. Ele, Weber, acredita que diz que seu pupilo está sendo sub remunerado na tradicional equipe inglesa, pediu um aumento e teria motivado esta consideração por parte da equipe de Rubens Barrichello.

Comparando a qualidade de ambos os pilotos… É evidente que o alemão é muito mais promissor do que o venezuelano. Porém, o venezuelano poderia resolver um problema imediato de fluxo de caixa na equipe enquanto o alemão pode representar mais gastos para uma equipe mão de vaca.

O problema, por outro lado, é que isso pode marcar de vez a decadência da equipe. Frank Williams -junto com o Patrick Head- acertou muito nas últimas décadas. Foi o pioneiro em diversas áreas. A aposta nos petrodólares, a aposta na Honda e na Renault como fornecedora de motores -em meados da década de 80 e início da de 90- e aposta na dependência da aerodinâmica e da tecnologia foram tiros na curva.

Só que, na última década a direção da equipe parece ter perdido um pouco do pique e perdeu o bonde da história. Fez algumas apostas certas, mas as principais foram erradas. O último grande acerto técnico foi a escolha da BMW como fornecedora de motores. Depois disso, muitos erros. A Williams apostou que a redução de custos permitiria que eles evoluísem sem uma grande parceria. E, de fato os custos até caíram com a saída de algumas montadoras, mas não tanto a ponto de fazer a Williams voltar a ser uma das grandes.

Head e Frank apostaram na Toyota como parceira numa eventual saída da fabricante nipônica numa eventual saída da equipe oficial. Mas este foi um tiro n’água, já que os japoneses preferiram cair fora a insistir numa parceria que poderia andar pra frente. Depois, apostaram na Cosworth, mas essa é uma aposta a longo prazo -acho que apostam na equalização dos motores.

O problema é que os investidores da equipe pensam no curto prazo, e o cenário a curto prazo não é tão promissor assim. O banco RBS já anunciou que está deixando a equipe a partir do ano que vem, a Phillips também pode estar seguindo o mesmo caminho, da mesma forma que a McGregor e AirAsia -deixando apenas a AT&T como grande patrocinador da equipe. Sem resultados, pegar patrocinadores a laço não é das coisas mais fáceis. E nem dá pra sonhar com uma temporada a-la-Brawn-ou-Sauber (com carro branco, sem patrocinadores), porque as finanças não estão tão lá tão bem e não teria uma Honda ou BMW para pagar as contas no fim do mês, mesmo sem aparecer.

Claro, o Col reconhece que a Williams é uma equipe simpática. Mas se não mudar muita coisa no estilo de gestão da equipe, é uma das candidatas a extinção num futuro próximo. Tudo bem que pegar a laço piloto pagante não é certeza de ser o primeiro passo pro buraco -o Kazuki Nakajima era um piloto pagante* e nem por isso a Williams quebrou. Mas mostra um pouco de como os caras não estão assim tão bem…

*: Sim, Kazuki Nakajima era pagante, apesar de todo mundo jurar que não. A Toyota bancava a sua presença na equipe do tio Frank em troca do fornecimento gratuito de seus motores -seja como piloto reserva, seja como titular.

2 Comentários

Deixe um comentário
  1. Ron Groo / out 14 2010 11:33 am

    Ao que tudo indica será um ano muito difícil para o tio Frank.
    Os principais patrocinadores parecem estar pulando fora e não vejo nem uma noticia sobre a chegada de outros.
    O que é uma pena, pois a minha predileta é a última das garageiras.
    Ao menos eu penso que seja.

    Gostei muito do layout novo, ficou chique… Será que dá pra personalizar o meu também?

    • mkohara / out 15 2010 12:19 pm

      Opa. Valeu.

      Acho que dá pra personalizar o teu blog tb. Se não me engano, tem uma lista de templates no blogger que vc pode personalizar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: