Skip to content
18/12/2010 / Marcio Kohara

3º carro, Luca di Montezemolo e Bernie Ecclestone

Começou cedo… O que se esperava para 2011 já começa a nos assolar… A batalha de imprensa entre FOM e FOTA na briga pela opinião pública sobre as discussões do Pacto de Concórdia, que vence em 2012, começaram cedo desta vez.

Desta vez, Luca di Montezemolo dá o tiro de declaração de guerra, falando que a Fórmula 1 poderia aceitar equipes com três carros, permitir equipes satélites -Montezemolo citou Ganassi e Penske- e, já que era para colocar o bode na sala, aproveitar e dar uma grana a mais para quem protagoniza o show: o padre maluc…er… os pilotos… as equipes. Bernie não respondeu exatamente isso, mas deu a entender que Luca já fala bobagem na frente da geladeira aberta à noite quando realiza o seu assalto noturno na cozinha escura, quanto mais na frente da imprensa mundial. E, claro, como se não bastasse, deixou claro que ele era um cara conservador e que no dele ninguém encostava.

Não sei se o amigo leitor se lembra, mas da última vez em que estes nobres senhores começaram a discutir a prorrogação do tal Pacto -acordo que rege as relações entre equipes, FIA e FOM-, em 2009, foi a mesma balbúrdia. Luca aparecendo com os seus cabelos esvoaçantes -cada vez mais ralos- falando que poderia cindir a categoria e Max Mosley -nada saudoso Presidente da FIA na época- matando a discussão no peito e levando na raça assuntos polêmicos como o teto de gastos e a entrada de novas equipes. A discussão se estendeu por longos meses, inclusive com Ron Dennis, em mais uma das suas brincadeiras sem noção -famosas no paddock-, divulgando vídeos de Max de cuecas levando chicotadas. Dennis acabou banido do paddock, da mesma forma que Flávio Briatore, numa revanche sem precedentes orquestrada pelo velho Max. No fim, daquela vez, Bernie bateu na mesa, ouviu todos os lados, chegou às suas conclusões, mandou todo mundo assinar a porcaria do papel e todo mundo assinou. Dessa vez não sei se vai ser tão simples, mas o fato é que a guerrinha de imprensa do Clube das Piranhas começou.

Bom, o dinheiro é uma velha requisição das equipes, e faz todo o sentido. Bernie ainda leva mais da metade da grana que a Fórmula 1 levanta com negociações de transmissão de televisão. Por outro lado, as equipes fazem das tripas coração para não ficar com um rombo muito grande. Seria justo que as equipes levassem um pouco mais de dinheiro para, pelo menos, não acabarem o ano no vermelho. E, como sempre acontece, Bernie Ecclestone fará de tudo para manter a sua fonte de renda. O problema para Bernie é que desta vez ele não tem a FIA como sua aliada de primeira hora, como o era na era Max Mosley. Então não terá a FIA patrocinando tentativas para dividir a FOTA, como aconteceu da vez passada, como no caso dos difusores duplos, que colocou no dicionário a diferença entre furo e orifício…

Sobre o terceiro carro, esta é uma velha requisição das equipes grandes, como Ferrari e Mclaren. Pessoalmente, não gosto da ideia. Seria uma forma das equipes com grandes orçamentos prevalecerem sobre as pequenas, que não teriam dinheiro para fazer um terceiro carro e seguir investindo em seus projetos, correndo o risco de sobrarem para fora do grid. No fim das contas, seria um aumento de custos na categoria e, convenhamos, nos tempos de vacas magras, o importante é mantê-los sob controle sob o risco da brincadeira explodir no médio prazo.

As equipes-satélites são uma ideia que me agrada mais. Não exatamente no formato de equipes-satélites como as sugeridas por Montezemolo, com Ganassi e Penske entrando na F1 franqueando terceiros carros de outras equipes, mas a venda de chassis entre equipes é uma ideia interessante. Ok, há o orgulho de se produzir o próprio carro e a possibilidade de uma equipe pequena achar o caminho das pedras. Também há a dificuldade de se entrar em acordo sobre a divisão da premiação -já que seria justo que a criadora do chassi leve alguma porcentagem sobre a premiação da equipe cliente.

Mas o fato é que não existem muitos motivos lógicos para se exigir que uma equipe faça o seu chassi. Uma equipe pequena pode fazer um papel decente na categoria com um chassi de uma equipe maior -vide o que Toro Rosso e Super Aguri fizeram em comparação com as suas respectivas equipes matrizes -Red Bull e Honda- quando isso era permitido, por exemplo. E é mais produtivo do que descobrir o caminho das pedras, como tem mostrado as equipes estreantes neste ano. Em tempos de vacas magras, esta exigência aumenta os custos da categoria de forma absurda.

E, vendo por um outro prisma, em tempos que se fala em preocupações ecológicas, um uso mais eficiente dos túneis de vento -um dos maiores comedores de energia- e a noção de reaproveitamento de projetos e recursos seria muito interessante numa Fórmula 1 alinhada com as preocupações da indústria e dos consumidores.

São muitas as discussões que nos assolarão neste próximo ano. A troca de gentilezas entre Luca e Bernie neste final de ano nos mostram que o ano que vem promete ser um porre para quem não gosta deste tipo de brigas via imprensa. Neste ponto, a tranquilidade de 2010 deixará saudades.

Anúncios

4 Comentários

Deixe um comentário
  1. Speeder_76 / dez 18 2010 10:05 pm

    É verdade. Não foi por falta de aviso que isto aconteceu, eu pelo menos sabia deesde metade do ano que estas discussões iriam acontecer. É apenas a primeira parte da tempestade. E agora esta noite tive tempo e cabeça para escrever sobre o assunto, agora que desabafei sobre a briga Lotus vs Lotus…

    • mkohara / dez 21 2010 4:40 pm

      Verdade, Paulo. Também temo que seja o trovão que anuncia a tempestade…

      []’s!

  2. Leonardo Frota / dez 20 2010 11:33 pm

    É… um porre isto. Temo que 2011 volte a ser um daqueles anos em que, há mais ação nos bastidores do que na pista, com muita picuinha a decorrer sobre este assunto da renovação do pacto da concórdia.

    • mkohara / dez 21 2010 4:39 pm

      É, Leonardo… Espero que isso não aconteça -apesar de desconfiar que vai ser exatamente o contrário…

      []’s!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: