Skip to content
19/04/2011 / Marcio Kohara

A humildade dos vencedores

Eis que Phill Prew, engenheiro de corrida da Mclaren, admitiu em entrevista à Autosport que a estratégia de três paradas nos boxes -fator que é apontado como primordial para a vitória de Lewis Hamilton no Grande Prêmio da China- não estava planejada. E que a estratégia surgiu no meio da corrida levando em conta a atualização de tempos de volta e do feedback que os pilotos passavam para os engenheiros.

Não dá pra negar que esta foi uma ótima mudança, principalmente para Hamilton, que deve muito da vitória em Xangai à sorte e à previdência. A sorte da equipe ter percebido a mudança nas condições e estar aberta a mudanças de estratégia e a previdência de ter economizado um jogo de pneus na classificação no dia anterior -o que significou um pneu duas voltas mais novo do que todos os seus concorrentes e um melhor desempenho.

Mas o que acredito que merece ser ressaltado é a humildade da equipe, que reconhece que não tinha achado a estratégia funcional até o começo da corrida e, depois que tudo acaba bem, ao invés de se gabar do acerto, admite que mudou de ideia no decorrer das quase duas horas de corrida. Uma mudança significativa na postura da equipe, que um dia foi uma das mais arrogantes do grid. Que sigam assim.

Anúncios

One Comment

Deixe um comentário
  1. Ron Groo / abr 22 2011 6:43 pm

    Coisa rara… Se fosse a Ferrari já estariam arrotando aos quatro ventos que tem os melhores estrategistas do mundo! E que tinham planejado isto na terça feira…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: