Pular para o conteúdo
20/10/2011 / Marcio Kohara

WRC: The Good, The Bad and the Ugly

Post multimídia. Coloque o vídeo pra rodar e siga conosco.

Temporada 2011 do Campeonato Mundial de Rali da FIA. Uma era de dominação total de um homem sobre a categoria. Em um campeonato que parecia decidido, eis que três pilotos surgem na busca pelo troféu de campeão do mundo, escondido em algum lugar qualquer no faroeste.

São três os que buscam a chance de levantar o título. Loeb é o bom, cara de bom moço, mas que todos sabem que não medirá esforços para conquistar o título, não importa o que seja necessário para fazê-lo. Ogier é o mau. Falastrão, chegou para a Citroen para tentar acabar com o feudo de Loeb. Não conseguiu na pista ainda, mas balançou as estruturas da equipe, a ponto de se tornar a peça-chave no mercado deste ano, mesmo tendo um ano a mais de contrato com a Citroen. E o feio… Bom, Mikko Hirvonen não é o sujeito mais bonito do mundo.

Digamos que o bom e o mau sabem o caminho das pedras, afinal os dois estão na equipe campeã do mundo. O problema é que ambos dependem um do outro para conseguir a façanha -e eles não são os pilotos mais amigos do mundo. O feio, por sua vez, está na posição de franco-atirador. Não tem o melhor equipamento e a sua equipe ainda não sabe exatamente qual é a capacidade de seu equipamento.

Os três tentam, em dois duelos decisivos, decidir quem terá a honra de levar a taça para casa. Quem irá conseguir? Acompanhe nos próximos capítulos.

———————————-

Na Catalunha, rali que começa neste final de semana, mais personagens aparecerão para tentar complicar a briga pelo título. É o caso dos carros da Mini, que mostraram ótimo desempenho nos ralis de asfalto, principalmente com Dani Sordo, que subiu ao pódio nos dois últimos ralis. O espanhol ainda não conseguiu vencer no WRC, apesar de ter subido trinta vezes ao pódio em etapas do Mundial e, nos dois últimos ralis, conseguiu um terceiro (na Alemanha) e um segundo (França) lugares. Kris Meeke também tem andado bem, mas não tem conseguido completar os ralis sem problemas para confirmar o seu bom desempenho em pontos.

E, claro, também é bom se observar o que farão Petter Solberg e Jari-Matti Latvala, pilotos que tiveram bons desempenhos nos treinos do shakedown e tem a responsabilidade de ajudar os seus companheiros, apesar de nada terem a ver com a briga pelo título. Latvala tem responsabilidade maior, já que faz parte da equipe oficial da Ford junto com Hirvonen e está escalado pela equipe para vencer a prova -o que não conseguiu na superfície até hoje. Já Solberg não está na mesma equipe, mas uma boa classificação dele interessa a equipe oficial da Citroen, fornecedora do carro do norueguês.

——————–

Talvez o maior clássico do faroeste italiano (ou western spaghetti) da história tenha sido Três Homens em Conflito (‘The good, the bad and the ugly’, ou ‘Il Buono, il brutto, il Cattivo’ no original italiano). Com Sergio Leone como diretor, o filme é estrelado por Clint Eastwood, Lee van den Cleef e Eli Walash e conta a história de um duelo entre três pistoleiros que são obrigados a se unir no longinquo faroeste norte-americano para tentar chegar de todas as formas a uma fortuna em ouro. O texto é uma adaptação em cima do roteiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: